terça, 19 de setembro de 2017

PUBLICIDADE Mundo Verde

Conheça 7 franquias de ensino profissionalizante para investir

25, ago 2017

Um dos mais tradicionais do franchising nacional, segmento de serviços educacionais teve alta de 4,7% no segundo trimestre de 2017

Os cursos profissionalizantes estão atraindo cada vez mais pessoas que buscam por capacitação ou um upgrade no currículo para potencializar as chances de recolocação no mercado de trabalho. Um dos mais tradicionais do franchising nacional, o segmento de serviços educacionais, o qual engloba as redes de ensino profissionalizante em diversas áreas de conhecimento, desperta o interesse de empreendedores, que têm à disposição diferentes opções no mercado de franquias.

PUBLICIDADE

Dados recentes da ABF (Associação Brasileira de Franchising) revelam que o Brasil conta com 2,9 mil redes de franquias dos mais diversos segmentos, sendo que, deste total, apenas 3% oferecem serviços educacionais. Embora poucas marcas sejam do ramo, o faturamento é animador: houve uma alta de 4,7% no saldo da balança se comparado com igual período de 2016, totalizando pouco mais de 2,7 bilhões de reais.

Na avaliação de Rogério Gabriel, fundador e presidente da MoveEdu, apostar numa rede de ensino profissionalizante tem a vantagem de ser um serviço que nunca deixará de ser essencial para a população. “Investir em cursos profissionalizantes torna-se fundamental para quem quer buscar uma recolocação no mercado de trabalho ou, ainda, aprimorar um currículo que pode estar desalinhado às tendências do mundo corporativo. Podemos dizer que é um mercado que está em alta”, destaca o empresário.

Para quem quer aproveitar o crescimento desse nicho e se tornar dono de uma franquia de educação profissionalizante, precisa avaliar atentamente o plano de negócio oferecido pela marca, como investimento inicial exigido, faturamento médio mensal das unidades, prazo de retorno, suporte e estratégias para atrair alunos interessados no método de ensino. “Franquias de ensino profissionalizante necessitam de um capital de giro para se sustentar até alcançar o número de alunos que traga rentabilidade. Desta forma, o retorno não é rápido. Mas, por outro lado, um ou dois meses com problemas nas vendas não afetam a receita expressivamente”, avalia Monica Fernandes, consultora de franchising do Grupo Soares Pereira & Papera.

São diversas as opções de negócios para quem está interessado em investir numa franquia de ensino profissional. O Portal TOP Franquias selecionou algumas redes que exigem capital variado para auxiliar quem quer ser dono do próprio negócio no ramo.



PUBLICIDADE


Copyright © TOP Franquias - 2017 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade