segunda, 24 de setembro de 2018

PUBLICIDADE Brasil Nutri Shop

7 redes de franquias que têm famosos entre os sócios

25, jul 2017

Celebridades figurando entre os proprietários da marca potencializam exposição do negócio, atraindo franqueados e parceiros com mais facilidade

Está se tornando cada vez mais comum ver celebridades investindo no franchising, figurando como sócios e investidores em marcas ou simplesmente emprestando a imagem em redes diversas. Ter um nome conhecido publicamente associado à franquia pode ser uma ótima estratégia para alcançar o sucesso em menor tempo, já que a imagem pode ser considerada uma ferramenta de marketing na divulgação do modelo de negócio. Famosos de diversos segmentos, como a apresentadora Xuxa Meneghel, o chef Henrique Fogaça, o ex-tenista Gustavo Kuerten, o ex-jogador de futebol Ronaldo “Fenômeno”, o lutador do UFC José Aldo e a atriz Giovanna Antonelli são alguns exemplos de celebridades que resolveram apostar suas fichas no segmento de franquias.

PUBLICIDADE

Segundo André Miceli, coordenador do MBA em Marketing Digital da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e diretor da Infobase, a aposta pode render bons números, já que ter um nome forte como referência do negócio dará mais credibilidade e visibilidade à marca. Porém, é preciso avaliar bem o negócio antes de assinar o contrato. “É importante verificar se o negócio faz sentido mesmo sem a notoriedade da celebridade que será a representação da marca. O investidor (franqueado) deve considerar também a estabilidade da carreira da celebridade à qual a marca está associando sua imagem”, sugere o especialista.

Ainda de acordo com Miceli, as celebridades se aproveitam da fama para fazer com que seus negócios tenham acesso direto aos fãs, uma maneira de obter reconhecimento, exposição na mídia e prestígio em pouco tempo. Em contrapartida, qualquer instabilidade na carreira de um famoso pode ser um ponto negativo para o negócio, uma vez que o comportamento público influenciará diretamente na margem de lucro das unidades. “Como estarão muito associadas, a marca da franquia ficará exposta a eventuais deslizes da carreira da celebridade. Pessoas com carreiras instáveis podem trazer problemas a seus negócios”, pondera.

Carregando Galeria
Carregando Galeria...
Menu
7 redes de franquias que têm famosos entre os sócios Casa X
Casa X

Casa X

A Casa X, rede de buffets infantis pertencente à SMZTO Holding de Franquias Multissetoriais, em sociedade com a apresentadora Xuxa Meneghel, iniciou suas atividades em 2012 e foi pioneira no setor de franquias de festas infantis no Brasil. Atualmente, possui 50 unidades comercializadas, sendo que 23 já estão em operação. O investimento inicial é de 1 milhão de reais e o prazo médio de retorno é de 30 meses.

7 redes de franquias que têm famosos entre os sócios Ronaldo Academy
Ronaldo Academy

Ronaldo Academy

As unidades da Ronaldo Academy, rede de academias de futebol do ex-atleta Ronaldo “Fenômeno”, em parceria com o empresário Carlos Wizard Martins, ensinam futebol para crianças e jovens entre 4 e 17 anos, com o objetivo de formar cidadãos por meio da prática esportiva. Fundada em setembro de 2015, a marca já possui 100 unidades comercializadas no Brasil, EUA, China, Colômbia e México. O investimento inicial varia entre 150 mil a 500 mil reais, com prazo de retorno previsto entre 18 e 26 meses.

7 redes de franquias que têm famosos entre os sócios Espaçolaser
Espaçolaser

Espaçolaser

Também com a figura de Xuxa Meneghel estampando materiais de divulgação, a Espaçolaser é uma rede de depilação a laser com 280 unidades comercializadas no Brasil, sendo 205 em funcionamento. A rede utiliza o laser Alexandrite, método considerado mais confortável para a remoação de pelos. Com mais de 1 milhão de procedimentos realizados, é a maior rede de depilação a laser no país. O investimento para abrir uma clínica com a bandeira da marca é de 585 mil reais, incluindo apenas montagem e estoque, sem considerar capital de giro, taxa de franquia e ponto comercial. O prazo de retorno informado pela franqueadora é de 27 meses.

7 redes de franquias que têm famosos entre os sócios LifeUSA
LifeUSA

LifeUSA

Escola de inglês com foco em conversação, voltada para jovens e adultos que querem ter um diferencial no mercado de trabalho, a LifeUSA tem o ex-tenista Gustavo Kuerten, o Guga, como sócio. Fundada em 2016, a rede conta com duas unidades em operação e exige um investimento inicial de 240 mil reais, incluindo apenas montagem e estoque, sem considerar capital de giro, taxa de franquia e ponto comercial. A empresa divulga que o prazo médio de retorno de 28 meses.

7 redes de franquias que têm famosos entre os sócios Next Academy
Next Academy

Next Academy

Focada no desenvolvimento pessoal esportivo, a rede Next Academy conta com o jogador Felipe Melo – atualmente no Palmeiras – como um dos sócios. Fundada em 2013, a empresa oferece treinamento esportivo para atletas, plataforma de suporte educacional com aulas fora do currículo escolar tradicional, curso de inglês online e capacitação para bolsas de estudo nos Estados Unidos de até 100% em universidades. Quem procura uma franquia neste segmento precisará desembolsar entre 200 mil e 250 mil reais. O prazo médio de retorno para cada unidade é de 24 meses.

7 redes de franquias que têm famosos entre os sócios Famous Burger
Famous Burger

Famous Burger

Lutador de MMA e uma das figuras mais famosas do UFC, José Aldo resolveu apostar num modelo de negócio fora do octágono ao abrir a Famous Burger. No cardápio, hambúrguer artesanal, batata gourmet e milk-shake são oferecidos aos clientes num ambiente inspirado no mundo dos esportes. O investimento inicial é de 404 mil reais e o prazo de retorno é de 18 meses.

7 redes de franquias que têm famosos entre os sócios Cão Véio
Cão Véio

Cão Véio

Com o aumento da notoriedade após se tornar um dos jurados do programa MasterChef Brasil, exibido em canal aberto, o chef Henrique Fogaça, junto dos sócios Badauí, vocalista da banda CPM 22, e Marcos Kichimoto, o “Kichi”, agora quer ganhar o país de outra forma. Desde 2013, os três comandam o gastropub Cão Véio, com unidade própria em São Paulo. Em 2016 decidiram expandir o negócio por meio de franquias, já tendo conquistados alguns franqueados, sendo que o primeiro a inaugurar foi em Brasília. Para abrir uma franquia da marca, o investimento inicial é de 790 mil reais. Segundo os sócios, o negócio pretende atingir 32 unidades nos próximos dez anos.



PUBLICIDADE


Copyright © TOP Franquias - 2018 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade