quarta, 22 de novembro de 2017

PUBLICIDADE DryWash – TOP Banner
10 dicas para sua visita à ABF Franchising Expo valer a pena

10 dicas para sua visita à ABF Franchising Expo valer a pena

3, jun 2016

Dos dias 15 a 18 de junho, muita gente vai visitar a ABF Franchising Expo, em São Paulo. A feira é a maior do mundo do setor de franquias e, em 2016, completa 25 anos. No ano passado, segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), o evento recebeu 64 mil pessoas e gerou cerca de R$ 550 milhões em negócios.

Como a feira está chegando e a previsão é de que serão mais de 400 marcas expositoras, resolvi dar algumas dicas para otimizar o tempo e aproveitamento de quem pretende ir ao evento. Confira:

  1. Vá direito onde você tem interesse: todo mundo que visita uma feira de franquias já tem algumas marcas em mente. Veja quais empresas irão expor seus negócios, selecione as que você mais tem interesse em se tornar franqueado e comece sua visita por elas.
  1. Já deixe anotadas suas dúvidas: um dia antes, anote e leve suas dúvidas que precisam ser sanadas durante a ABF Franchising Expo. Isso também vai ajudar as conversas a ficarem mais objetivas e você não perde o foco do que considera realmente importante saber para montar a sua franquia.
  1. Local para anotações: enquanto estiver nos stands falando com profissionais da franqueadora, leve um caderno e anote as informações que você receber. Elas serão fundamentais para você comparar, posteriormente, com as informações provenientes da Circular de Oferta de Franquia (COF) e de outros franqueados dessa marca.
  1. Comprove as informações na prática: durante as conversas nos stands, você vai ouvir falar muito de média de faturamento do negócio, tempo estimado de retorno do investimento, suporte às lojas franqueadas, como são feitos os treinamentos dos novos franqueados, mas tudo o que ouvir ali precisa ser, depois, comprovado na prática. E ninguém melhor do que os franqueados dessa rede para confirmar, ou não, essas informações.
  1. Visite mais de um franqueado da rede: após ou durante a feira, procure visitar não apenas os franqueados os quais a franqueadora recomendou, mas também outras lojas para confirmar as informações que foram passadas. Numa franquia, é extremamente importante compreender os fatores que fazem o negócio funcionar bem com algumas pessoas e, com outras, não.
  1. Saiba qual o será o seu papel como franqueado: muitos negócios exigem envolvimento total do franqueado, inclusive aos finais de semana e feriados. Procure saber muito bem qual a real dedicação necessária para o negócio funcionar. Além disso, é extremamente importante avaliar se você está pessoalmente disposto a se dedicar conforme a franquia exige.
  1. Não se iluda: muitos vão atrás de uma franquia com a ilusão de que estão comprando um modelo de sucesso garantido, ou garantindo sua aposentadoria. Engana-se quem pensa assim. Para o negócio dar certo e atingir a performance necessária para que a operação seja viável, é preciso trabalhar e atuar em várias frentes: gestão financeira, administração de pessoas, vendas e aspectos técnicos de cada negócio. Portanto, desconfie de quem vende fórmulas mágicas, de rápido retorno e procure por empresas com experiência em gestão de franquias.
  1. Atividades e cursos paralelos: durante a feira, vários cursos e eventos sobre franchising costumam ser ministrados. Vale a pena participar de algum deles se sobrar um tempinho e saber mais sobre o sistema de franquias.
  1. Não feche nenhum negócio na feira: regra de ouro de qualquer evento: só feche negócio ou acerte algum pagamento depois de ter acesso não apenas à COF da marca, mas também às informações extraídas de outros franqueados que fazem parte da rede. Pela Lei de Franquia, nenhuma venda ou tipo de contrato pode ser assinado sem respeitar o prazo de dez dias após o recebimento da COF pelo candidato.
  1. Aproveite a semana para estudar: a visita à feira pode durar um ou dois dias, mas é fundamental que nos outros dias você aproveite para levantar informações e, também, estudar sobre o negócio que pretende montar, como mercado de atuação, diferenciais dos produtos ou serviços que você vai vender, como são esses mesmos produtos e serviços vendidos pelos concorrentes, onde você pretende abrir a sua franquia, enfim, estruture um Plano de Negócios.

As dúvidas levantadas nessa etapa de coleta de dados e informações serão fundamentais para a próxima reunião, que você vai agendar com a marca com a qual mais se identificou.

PUBLICIDADE

Aliás, o candidato que está estudando a implantação e viabilidade do negócio antes mesmo de assinar contrato passa para a franqueadora a impressão de ser uma pessoa engajada e interessada em contribuir com o sucesso do negócio.


O conteúdo acima é de autoria de Fábio Cesar Di Mauro, em caráter colaborativo, isentando o Portal TOP Franquias de quaisquer responsabilidades.


PUBLICIDADE


Copyright © TOP Franquias - 2017 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade