terça, 24 de abril de 2018

PUBLICIDADE
5 mudanças na rotina para ter franqueados satisfeitos e rentáveis

5 mudanças na rotina para ter franqueados satisfeitos e rentáveis

21, dez 2017

A primeira coisa a se entender: deixar seus franqueados mais satisfeitos depende exclusivamente de seus processos para melhorar resultados e sentimento de participação. Inclusive, se não é uma meta sua manter os franqueados satisfeitos e mensurar isso, reveja imediatamente.

Para ajudar você a entender como melhorar a satisfação, separo cinco fatores para serem mudados dentro da rotina da sua empresa.

PUBLICIDADE

1) Estabelecer uma área de Sucesso do Franqueado

O empresário que cria uma rede de franquias sabe que uma coisa que certamente muda bastante é a cultura da empresa, pois o franqueado passa a ter suas próprias demandas, sendo um novo tipo de cliente.

Seja o seu modelo de franquias muito atrativo ou ainda não, o crescimento da sua rede vai implicar em um trabalho grande de atender essa demanda de atenção por parte desse novo “cliente”.

Fica bem mais fácil e centralizado quando sua rede cria uma área de sucesso desses franqueados. Mas o que ela teria como foco?

Estabelecer comunicação com as franquias para obter o que as leva a satisfação e insatisfação, além de coleta de dados importantes para ajudar no crescimento. Lembre-se: centralize a comunicação dos franqueados por essa área.

A comunicação difusa leva a perda de informações e deixa o franqueado frustrado. Documente o processo e vá melhorando conforme apareçam insights diferentes.

Criar canais de atendimento online é uma boa forma para consolidar todo o conhecimento e responder com celeridade as demandas do seu franqueado, por exemplo.

2) Organizar conselhos e visitas de campo com franqueados

Depois de pensar na centralização da comunicação, a sua rede deve ser proativa ao máximo. Até porque eles são seus clientes.

Organizar conselhos e ir até as franquias é vital. Não adianta fazer isso a distância. Quanto mais próximo, mais insumos você terá para ajudá-los a crescer.

Além disso, é importante para saber quais das franquias precisam de atenção prioritária e também para manter o foco alinhado, que é de adotar uma postura comercial de aquisição de clientes e não só na gestão.

A comunicação é crucial, ainda mais quando se tem muitos clientes na rede. Por isso que entra a organização de conselhos, para que fiquem claros os benefícios das ações tomadas pela rede aos franqueados, evitando ruídos de comunicação. Uma consequência clara será o sentimento maior de participação e atenção do franqueado, além de permitir passar a cultura que deseja que seja alinhada perante a rede. No fim, é tudo um processo de educação.

3) Transparência de Indicadores

Um fator crucial é a transparência. Muitas redes mantém o contato com os operadores de forma muito distante e às cegas. A transparência deve ser clara e avisada, e deve fazer parte da rotina do seu departamento financeiro. Você pode utilizar sistemas na web viabilizando acesso a informações de indicadores em tempo real e tornar o processo de tomada de decisão da franqueadora e franquias como um todo mais bem amparado.

Defina a periodicidade e o foco dessa transparência, ao momento que também cria e gerencia os indicadores de desempenho da rede. Promover isso sempre manterá não só a satisfação da transparência, mas também legitima tomada de decisões suas.

4) Focar em ações de Aumento de Rentabilidade e Lucratividade

Sua área de sucesso terá foco em coletar os indicadores e focar no crescimento da franquia, além de estimular essa proatividade nos franqueados. Oriente-se para resultados. Ao monitorar os indicadores periodicamente, como vendas e processos, você deve ter metas para cada visita, assim, fica mais otimizado o custo e performance da mesma.

Para atender as metas da rede, você deve propor ações que devem focar em 4 objetivos claros:

Replicação: Garantir que toda ação realizada deva ser aplicada em todas as unidades;

Economia: Diminuir despesas e aumentar vendas. A consequência será o melhor rendimento da rede;

Valor: As ações devem estar de acordo com os princípios da rede e devem agregar valor ao consumidor final e aos franqueados.

Preços: Aplicar uma boa estratégia de precificação pode auxiliar na melhoria de margem da empresa como um todo, bem como no aumento direto dos resultados do negócio.

Entendendo estes princípios, a Consultoria de Campo torna-se imprescindível quando olhamos para a necessidade de desenvolver as equipes dos franqueados, replicando as melhores práticas operacionais e comerciais da rede.

E, também, avaliando os resultados da unidade, comparando-os com o restante da rede, estudando e pesquisando o mercado regional, e fazendo um plano de ações específico para a unidade para acompanhar sua evolução.

5) Envolvimento parcial em Processos Decisórios

A boa performance da satisfação dos franqueados não deve ser somente passar informações e tomadas de decisão. Isso deve ser co-criado também ao descer para o nível de tomada de decisão.

Obviamente, você tem que tomar cuidado para não tomar as decisões totais, mas parciais, para ajudar a rede. Assim, você evita mesmice de resultados e traz a sua visão para os melhores resultados.

Somente com essas atitudes você poderá se diferenciar como rede, pois não adianta replicar boas práticas. Você tem que “pôr a mão na massa” e manter o crescimento lado a lado com seus franqueados.


O conteúdo acima é de autoria de Marcelo Roque, em caráter colaborativo, isentando o Portal TOP Franquias de quaisquer responsabilidades.


PUBLICIDADE


Copyright © TOP Franquias - 2018 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade