terça, 19 de setembro de 2017

PUBLICIDADE Franquia Oral Sin
Bob´s: o fast food genuinamente verde e amarelo faz 65 anos

Bob´s: o fast food genuinamente verde e amarelo faz 65 anos

17, ago 2017

Rede possui mais de mil franquias no país e é a única a manter operações em todos os estados brasileiros

Rio de Janeiro, 1952. Os brasileiros ainda se recuperavam da fatídica derrota para os uruguaios na final da Copa do Mundo ocorrida dois anos antes em pleno estádio do Maracanã repleto de fanáticos torcedores empolgados com a seleção canarinha. Em outras partes do planeta, os primeiros sinais dos Anos Dourados eram visíveis com uma reestruturação do capitalismo, o avanço na globalização e a internacionalização da economia como contrapartida ao século anterior repleto de crises. Aproveitando o momento de recuperação econômica mundial, o norte-americano Robert Falkenburg enxergou a possibilidade de fazer sucesso em terras brasileiras com um modelo de negócio até então desconhecido por aqui, o fast food. A ideia era simples: oferecer um cardápio de pratos rápidos integrando o sabor do tempero nacional ao mesmo tempo em que o lugar pudesse ser usado como ponto de encontro entre amigos.

Robert Falkenburg, fundador do Bob´s

PUBLICIDADE

Robert Falkenburg, fundador do Bob´s, ao centro

Bob, como era conhecido por seus amigos, resolveu unir os conceitos mais modernos e inovadores em fast food daquela época e inaugurou, em 1952, a primeira loja batizada de Bob’s, em Copacabana, no Rio de Janeiro. No cardápio, os clientes podiam escolher entre o hot dog, hambúrguer, milk-shake e sundae. Apesar de ter opções limitadas, a novidade atraiu centenas de curiosos e, em pouco tempo, virou moda na Cidade Maravilhosa, caindo no gosto de praticamente todos os cariocas.

Quatro anos mais tarde, a segunda loja do Bob’s foi aberta, em Ipanema, também no Rio de Janeiro. Não demorou muito para a marca também se tornar a preferida na crônica social, sendo frequentada por celebridades como, por exemplo, os cantores Tim Maia e Lulu Santos e o compositor Villa-Lobos, que, quase que diariamente, encontrava-se com o músico norte-americano Booker Pittman em uma das lojas para tomar um sorvete de baunilha com calda quente de chocolate.

primeira loja do Bob´s

1952: primeira loja do Bob´s, no Rio de Janeiro

Novos sabores – Ovomaltine

Em 1959, Bob resolveu criar um sabor diferente para o milk-shake, acrescentando Ovomaltine no cardápio. O resultado não poderia ser diferente: a bebida gelada logo tornou-se em um dos produtos ícones da empresa. Quase sessenta anos mais tarde, em 2016, a empresa decidiu por não renovar o contrato de exclusividade com a marca do achocolatado e seu principal concorrente, o McDonald´s, aproveitou a oportunidade para criar um sabor especial adicionando o ingrediente crocante à bebida. Apesar dos fãs reprovarem a atitude da concorrência, o Bob´s continua vendendo o milk-shake, agora renomeado para sabor crocante. À ocasião, Marcello Farrel, diretor geral do Bob´s, afirmou que o fato de a bebida ser líder na categoria milk-shake não fez sentido para renovar o licenciamento. “Nossa receita foi criada em 1959 e continua sendo exclusiva”, afirmou Farrel no ano passado.

No início dos anos de 1970, o fundador vendeu a controle da empresa, então com 13 restaurantes em funcionamento em diversos bairros cariocas. Com o sucesso, a expansão da rede tornou-se inevitável. A primeira loja fora do estado fluminense foi aberta apenas em 1978, na cidade de São Paulo e, em meados dos anos de 1980, a marca resolveu iniciar o processo de franchising, quando duas lojas foram abertas em Vitória, no Espírito Santo.

milk-shake de Ovomaltine

1959: milk-shake de Ovomaltine, ícone do Bob´s

Em 2017, a marca completou 65 anos e, apesar dos percalços ao longo das décadas, se mantém como pioneira em fast food no Brasil, sendo, inclusive, a única a estar presente em todos os estados brasileiros, com mais de mil lojas em operação. O Acre foi o último a receber uma unidade da marca.

Reformulação – nova identidade

Com um público cada vez mais jovem que procura satisfazer suas vontades, o Bobs´s resolveu focar nos consumidores das chamadas gerações “Y” e “Z”. Por isso, a marca apostou na reformulação de seu projeto arquitetônico – iniciado em 2014 –, sendo mais contemporâneo e funcional, investindo em tecnologia para permitir aos consumidores personalizar os produtos, sem aumento do tempo de atendimento. Apenas uma das lojas do Rio, onde toda a história começou, manteve a herança do passado, com os mesmos produtos servidos no início da operação para atender os fãs que acompanharam o sucesso da marca e que não abrem mão do cardápio antigo.

“O fast food tradicional está morrendo. Hoje, o consumidor quer que o produto seja preparado na hora, de modo personalizado, com diferentes opções de tamanho, acompanhado de bebidas e complementos que gosta, na quantidade pretendida e entregue com o máximo de conveniência e liberdade.  O modelo antigo de alimentação rápida com produtos de receita fixa e que privilegiava a velocidade em detrimento do sabor e customização já não atende aos consumidores”, avalia Marcello Farrel.

Unidade do bobs com layout anterior

Unidade da rede com layout anterior

Cerca de 30% dos pontos de venda já estão dentro do novo modelo e a previsão é que em três anos toda a rede esteja modernizada. Nas novas unidades, o Bob´s traz uma experiência completamente nova para o consumidor, com a possibilidade de customização de produtos, autosserviço de refrigerantes, molhos à vontade e um ambiente contemporâneo e muito acolhedor.

Evolução digital

Para acompanhar a evolução digital, a empresa acaba de implantar a segunda fase do projeto de reformulação ao lançar, na Cidade Maravilhosa, a primeira loja 100% digital do Brasil. Neste formato de operação, todos os pedidos são feitos pelo terminal de autoatendimento ou por meio de aplicativo para celular. O objetivo das novas tecnologias é trazer mais conveniência e agilidade para o cliente, além de permitir a customização da compra e garantir a fidelização do cliente.

bobs-digital

100% digital: unidade da Barra, no Rio, é a primeira a ser totalmente digital

Além de ser a única rede a estar presente em todo território nacional, o Bob´s também possui lojas em operação no exterior, com pontos em Angola, Chile e Portugal. “Agora, nosso foco de expansão é no Brasil”, finaliza o diretor geral da empresa. Cada franquia Bob’s exige um investimento que gira entre 666 mil reais e 1,5 milhão de reais.



PUBLICIDADE


Bob´s: o fast food genuinamente verde e amarelo faz 65 anos
Avaliação

Copyright © TOP Franquias - 2017 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade