segunda, 16 de outubro de 2017

PUBLICIDADE Brasil Vexado
“Continuamos crescendo como empresa e franqueadora”, afirma Jorge Bischoff

“Continuamos crescendo como empresa e franqueadora”, afirma Jorge Bischoff

31, mar 2017

Em entrevista exclusiva, empresário que fundou uma das mais conceituadas grifes de sapatos do país conta detalhes do negócio e revela que a crise não abalou os planos de expansão

O nome Jorge Bischoff é reconhecido instantaneamente por mulheres que são apaixonadas por sapatos. Conhecida por seu design arrojado e exuberante, a marca tem conquistado cada vez mais consumidoras, o que acarreta em aumento da penetração em diversos locais, dentro e fora do país.

Atualmente, a empresa conta com 66 franquias no Brasil, uma boutique online, duas lojas no Uruguai e uma flagship store recém inaugurada em Miami (EUA), além da presença global por meio das lojas multimarcas, pelas quais já figura em mais de 50 países. O Portal TOP Franquias conversou com o criador e dono da marca, que leva seu próprio nome, para conhecer um pouco mais da sua história e de seu sucesso empresarial.

PUBLICIDADE

TOP Franquias – Hoje, a Jorge Bischoff é referência no Brasil e no mundo, com mais de 60 franquias espalhadas pelo país e presença em vitrines de outros mais de 50. Conte-nos um pouco da sua trajetória até aqui.

Jorge Bischoff – Minha história está intimamente ligada ao mundo dos sapatos. Sou de Igrejinha, no Rio Grande do Sul, uma cidade que gira em torno da indústria calçadista. Desde sempre, quis trabalhar no ramo, tive formação no Senai e realizei outros cursos criando condições para evoluir meus conhecimentos em sapatos. Isso tudo, aliado às experiências, contatos, viagens e criações, me proporcionou uma trajetória profissional que ampliou minhas ideias sobre desenvolvimento de produto, inspiração e tendências mundiais. Foi o que me trouxe conhecimento e know-how para aplicar aos negócios.

TF – A marca Jorge Bischoff está completando 14 anos de história. Nesse período, quais foram os maiores desafios enfrentados?

JB – Enfrentamos muitos desafios nesse período. Nos primeiros anos, estivemos concentrados em trabalhar com as três lojas próprias. Com o tempo, partimos para um novo cenário ao compreender melhor o potencial e a dinâmica do varejo. Há quase oito anos lançamos o projeto de franquias, exportação e distribuição para lojas multimarcas, que foi uma nova e marcante etapa para o nosso negócio. Um dos grandes desafios foi encontrar parceiros adequados na indústria para atender às nossas demandas em termos de produtividade, entrega e alto padrão de qualidade. Somente a partir disso colocamos em prática o plano de expansão.

TF – Por que decidiu aderir ao modelo de franquias?

JB – O sistema de franquias é extremamente inteligente. Quando temos um projeto organizado, sério, com ótimo treinamento e o compromisso de trabalhar com excelência, a franquia torna-se um instrumento de crescimento rápido e gera uma boa rentabilidade para a marca e seus operadores. Em um país como o Brasil, com um mercado tão grande e diverso, são inúmeras as possibilidades de expandir os negócios.

TF – Isso tem dado certo?

JB – Sim, tem dado muito certo. Uma prova disso é que nossa excelência é reconhecida pelo mercado. Nos últimos anos, fomos premiados por entidades do setor, como a ABF (Associação Brasileira de Franchising), e estamos no topo de rankings anuais, realizados por publicações do ramo. Mas vamos além dos prêmios. Quando se fala em resultados de negócio, os números também são muito positivos, tanto para o franqueado quanto para a companhia.

TF – Você conseguiu expandir a marca no Brasil e hoje já está em 50 países por meio de lojas multimarcas. Tem planos para continuar com essa expansão?

JB – Sim, a expansão internacional é o foco de crescimento da grife. Hoje o nosso trabalho com as lojas multimarcas alcança mais de 50 países, em todos os continentes. Estamos prontos para abastecer qualquer país que esteja disposto a consumir um sapato de excelente qualidade e com design arrojado, como é o nosso. Vamos continuar crescendo no mercado internacional de forma veloz, tanto com o sistema de franquias quanto com as lojas multimarcas. Além da recém inaugurada flagship store de Miami, o projeto de expansão prevê, em médio prazo, a abertura de mais cinco lojas em solo norte-americano.

TF – Que tipos de incentivo são dados aos que desejam se tornar franqueados?

JB – O grande incentivo para o franqueado é a oportunidade de ter um negócio promissor e lucrativo. Nosso operador tem acesso a um excelente projeto de franquia, com todo o suporte. A empresa oferece vantagens como a segurança de uma marca consolidada e forte; estrutura de produção de padrão internacional; treinamentos nas diferentes áreas técnicas; assistência pré e pós-abertura da loja; e projeto arquitetônico, entre outros suportes.

TF – Nos últimos anos, qual foi a taxa de crescimento das franquias?

JB – A empresa vem evoluindo a passos largos. Até 2015, tivemos um crescimento médio acima de 20%, observando as diferenças entre as operações e o tempo de atuação em cada mercado. O ano 2016 apresentou um resultado um pouco inferior em função de cenário econômico brasileiro, mas, ainda assim, apresentamos bons números.

TF – Quais são as expectativas para 2017 em relação à abertura de novas franquias?

JB – Já temos inúmeros contratos assinados e lojas com inauguração prevista ao longo do ano. Também existem novas negociações em andamento, o que nos possibilita assegurar mais um ano com crescimento sólido. A expectativa é boa e de muito trabalho pela frente.

TF – A crise afetou de alguma forma a marca? Como vocês conseguiram driblar isso?

JB – Mesmo em meio às dificuldades econômicas do ano passado, continuamos crescendo como empresa e franqueadora. A crise também traz oportunidades e nós criamos as nossas alternativas para enfrentá-la com o olhar no aperfeiçoamento da gestão do negócio.

TF – Falando de valores, qual o faturamento anual das empresas Bischoff Group (inclui a rede Loucos & Santos). Vocês esperam fechar o ano com um saldo positivo?

JB – O faturamento é um dado que não compartilhamos, porque envolve várias frentes – indústria, lojas, distribuição – que trabalham de forma independente. As expectativas para 2017 são de crescimento, tanto em número de lojas como em resultados financeiros. Produzimos 1,5 milhão de pares ano passado e este ano devemos ultrapassar essa marca.

TF – Para finalizar, o que você deseja falar àqueles que desejam tornar-se franqueados? O que faria com que eles decidam fazer parte dessa rede?

JB – É importante a quem queira ser franqueado de qualquer negócio escolher uma empresa que tenha história, sucesso, crescimento permanente, solidez e um quadro de franqueados satisfeitos e entusiasmados pelo projeto. É espetacular perceber que as pessoas envolvidas na nossa rede de franquias são apaixonadas. O franqueado trata a marca como um patrimônio, com muito carinho e dedicação. O grande segredo do franqueado bem-sucedido é trabalhar com algo que gosta, ter um produto que encanta as pessoas e, fundamentalmente, traga resultados financeiros, além do crescimento pessoal e profissional.



PUBLICIDADE


“Continuamos crescendo como empresa e franqueadora”, afirma Jorge Bischoff
Avaliação

Copyright © TOP Franquias - 2017 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade