sexta, 24 de novembro de 2017

PUBLICIDADE Master House TOP Banner 2
De ajudante de mecânico a franqueador

De ajudante de mecânico a franqueador

17, jan 2017

Diretor da NYOÁ também já vendeu água de coco, espetinhos e teve breve carreira militar antes de empreender na área da saúde e faturar 8,6 milhões de reais em 2016

Com 33 anos, Luiz Rego é daqueles que costumam fazer sucesso quando revelam detalhes de suas histórias que os levaram até um patamar profissional invejável. Nascido em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, iniciou a vida profissional com apenas 11 anos, período em que atuava como ajudante em uma oficina mecânica que pertencia a um tio. Nessa época, segundo conta, já buscava um “troco” a mais aos finais de semana, vendendo espetinhos em um pagode na região central do Rio de Janeiro. Depois, já aos 14 anos, trocou os espetinhos pela venda de água de coco, chegando a comprar um caminhão de coco por semana para repor estoque. Nessa fase o espírito empreendedor já começou a mostrar sua força e ele abriu uma filial de venda em uma praça a 500 metros de sua casa, além de ter comprado uma bicicleta de carga com a qual também vendia pelas ruas da cidade.

Algum tempo depois, quando já faturava um dinheiro razoável, buscou preparo e educação formal inscrevendo-se em um curso preparatório para ingressar na carreira militar, seu sonho de menino. Embora tenha conquistado mais esse passo, desistiu da área e partiu para a faculdade de Fisioterapia, ramo que impulsionou sua veia empreendedora.

PUBLICIDADE

Desde 2007, quando tinha 23 anos e pouco tempo de formado, Luiz Rego é diretor da rede NYOÁ, fundada por ele com apoio técnico de sua esposa Jizely Félix – ex-colega de classe no curso universitário –.e que hoje conta com seis unidades próprias e duas franquias. “A participação da minha esposa nessa história foi de extrema relevância, já que ela assumiu a parte técnica do negócio e eu  assumi a parte administrativa. Graças à expertise dela, conseguimos montar uma empresa única no segmento, que até hoje tem como essência entregar um serviço com excelência. Fico feliz e honrado por ter mais do que uma esposa ao meu lado, mas uma profissional com alto gabarito”, ressalta.

O negócio

A empresa, que teve início com um investimento de 50 mil reais, fechou 2016 com faturamento de 8,6 milhões de reais, possui linha própria de cosméticos e emprega 50 pessoas diretamente. A expectativa é que o faturamento cresça cerca de 15% até o fim de 2017.

Em dezembro de 2015, Rego formatou o negócio para a venda de franquias. Hoje, a marca contempla o Instituto NYOÁ, que tem como missão formar e especializar profissionais nas áreas da saúde e da beleza, aliando a teoria com a prática; a NYOÁ Beleza Expressa, com prestação de serviços expressos de beleza e tecnologia de ponta exclusiva, formato de baixo investimento e baixo custo fixo; e a NYOÁ Cosméticos, focada na venda de cosméticos exclusivos da rede para clientes, alunos e franqueados. Para abrir uma unidade do Instituto NYOÁ, é necessário um investimento total de 100 mil reais, enquanto que, para abrir uma unidade da NYOÁ Beleza Expressa, o franqueado deve desembolsar cerca de 30 mil reais. Segundo a empresa, o faturamento médio mensal gira em torno de 45 mil reais, proporcionando retorno em até 14 meses.



PUBLICIDADE


De ajudante de mecânico a franqueador
5 (100%) 1 voto

Copyright © TOP Franquias - 2017 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade