segunda, 20 de novembro de 2017

PUBLICIDADE Kwikasair

Franquia Mundo Verde

Mundo Verde
Faturamento
médio mensal
R$ 110.000
Tempo de Retorno 18 a 29 meses
  • Investimento Total

    R$ 120.000 até R$ 380.000

  • Faturamento mensal

    R$ 100.000 até R$ 120.000

  • Taxa de Franquia

    R$ 32.500

  • Capital de Instalação

    R$ 87.500 até R$ 155.000

  • Capital de Giro

    R$ 40.000 até R$ 50.000

  • Taxa de Propaganda

    1,5% do Faturamento bruto

  • Taxa Royalties

    5% do Faturamento bruto

Mundo Verde, maior rede de lojas especializadas em produtos naturais, orgânicos e para o bem-estar da América Latina, é referência em qualidade de vida e alimentação saudável desde 1987. Inicialmente uma empresa familiar, o Mundo Verde foi fundado por Isabel Maria Antunes Joffe, com ajuda do marido, Elísio Joffe, e seus irmãos, Jorge e Arlindo Antunes.

A empresa iniciou suas atividades na cidade de Petrópolis (RJ), com uma ideia inovadora. A primeira loja funcionava numa pequena área de 25 m² e tinha apenas um funcionário.

Aos poucos a marca foi conquistando clientes, principalmente cariocas que subiam a serra em busca de mais qualidade de vida nos fins de semana e feriados. Seis anos depois, em 1993, a empresa optou pelo Franchising para expandir seus negócios e abriu a primeira loja franqueada em Nova Friburgo.

A filosofia “verde” de viver ganhou tantos adeptos que a rede logo chegou a Niterói e depois ao Rio de Janeiro – a primeira loja foi em Ipanema, na zona sul carioca.

Além de criar um conceito comercial novo e extraordinário, com alto índice de fidelização de clientes, grande variedade de produtos e fornecedores selecionados, o Mundo Verde sempre primou pela excelência no atendimento, fazendo com que a experiência do cliente se transforme num evento inesquecível.

Então, o conceito de bem-estar e sustentabilidade fez com que a empresa crescesse rapidamente e, em pouco tempo, o Mundo Verde já estava presente em diversas localidades através do sistema de franquias.

Em 2007, a marca iniciou seu processo de internacionalização por Angola e no fim de 2008 chegou a Portugal. Dois anos depois, em 2009, a rede passa a ser controlada pela empresa de private equity Axxon.

Devido ao grande sucesso da rede no mercado de franquias e à grande aceitação da marca perante à população brasileira, em agosto de 2014 o empresário Carlos Wizard Martins anunciou a aquisição da rede de lojas Mundo Verde, por meio da Sforza Holding.

Diariamente, circulam pelas lojas Mundo Verde cerca de 50 mil pessoas, em busca de pelo menos um dos 30 mil itens oferecidos. Atualmente a rede possui 400 lojas franqueadas em todos os estados brasileiros.

“COO da franquia Mundo Verde fala do crescimento do mercado de produtos naturais.”

 

Confira nosso Canal no YouTube!

  • História
    • Com 30 anos, o Mundo Verde se consolidou como pioneiro e líder na proposta de desenvolver e incentivar o conceito de vida saudável, através da alimentação, tornando-se a maior franquia do segmento na América Latina, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF).

      O Mundo Verde, maior rede de lojas especializadas em produtos naturais, orgânicos e para o bem-estar da América Latina, é referência em qualidade de vida e alimentação saudável desde 1987. Inicialmente uma empresa familiar, o Mundo Verde foi fundado por Isabel Maria Antunes Joffe, com ajuda do marido, Elísio Joffe, e seus irmãos, Jorge e Arlindo Antunes.

      A empresa iniciou suas atividades na cidade de Petrópolis (RJ), com uma ideia inovadora. A primeira loja funcionava numa pequena área de 25 m² e tinha apenas um funcionário.

      Aos poucos a marca foi conquistando clientes, principalmente cariocas que subiam a serra em busca de mais qualidade de vida nos fins de semana e feriados. Seis anos depois, em 1993, a empresa optou pelo Franchising para expandir seus negócios e abriu a primeira loja franqueada em Nova Friburgo.

      A filosofia “verde” de viver ganhou tantos adeptos que a rede logo chegou a Niterói e depois ao Rio de Janeiro – a primeira loja foi em Ipanema, na zona sul carioca.

      1ª Logomarca da Empresa – 1987

      Além de criar um conceito comercial novo e extraordinário, com alto índice de fidelização de clientes, grande variedade de produtos e fornecedores selecionados, o Mundo Verde sempre primou pela excelência no atendimento, fazendo com que a experiência do cliente se transforme num evento inesquecível.

      Então, o conceito de bem-estar e sustentabilidade fez com que a empresa crescesse rapidamente e, em pouco tempo, o Mundo Verde já estava presente em diversas localidades através do sistema de franquias.

      Em 2007, a marca iniciou seu processo de internacionalização por Angola e no fim de 2008 chegou a Portugal. Dois anos depois, em 2009, a rede passa a ser controlada pela empresa de private equity Axxon.

      Devido ao grande sucesso da rede no mercado de franquias e à grande aceitação da marca perante à população brasileira, em agosto de 2014 o empresário Carlos Wizard Martins anunciou a aquisição da rede de lojas Mundo Verde, por meio da Sforza Holding.

      Diariamente, circulam pelas lojas Mundo Verde cerca de 50 mil pessoas, em busca de pelo menos um dos 30 mil itens oferecidos. Atualmente a rede possui 400 lojas franqueadas em todos os estados brasileiros.

  • Conceito do negócio
    • Hoje o Mundo Verde conta com mais de 400 lojas em todo o Brasil e um variado mix de produtos, que inclui desde alimentos (diet, light, integrais, orgânicos, funcionais sem glúten e sem lactose), complementos alimentares e suplementos para atletas. Atualmente as lojas recebem diariamente mais de 120 mil pessoas em busca de pelo menos um dos cerca de 10 mil itens oferecidos pelos mais de 1.200 fornecedores.

      Conheça abaixo quais são as Etapas do processo de seleção da franquia Mundo Verde:

      1. Contato Inicial
      2. Apresentação do Negócio
      3. Análise da documentação
      4. Entrevista
      5. Assinatura da COF
      6. Análise do Ponto e realização da Planilha de Viabilidade
      7. Assinatura do Contrato.

      Conheça abaixo o perfil que a franquia Mundo Verde procura para seus franqueados:

      • Espírito empreendedor;
      • Identificação com o negócio;
      • Comprometimento com o sucesso do negócio;
      • Preocupação com a excelência no atendimento e atividades da franquia;
      • Disponibilidade para se dedicar ao negócio;
      • Iniciativa;
      • Liderança e gerenciamento de equipes.
  • Suporte ao Franqueado
      • TIPOS DE TREINAMENTO
        • Apoio jurídico
        • Escolha do equipamento
        • Material promocional
        • Orientação sobre método
        • Projeto arquitetônico
        • Projeto de operação
        • Projeto financeiro
        • Projeto mercadológico
        • Propaganda e publicidade
        • Seleção de ponto
        • Treinamento de pessoal

        APOIO FORNECIDO

        • Administração /Gestão do Negócio
        • Assessoria de Imprensa
        • Atendimento ao Cliente
        • Gestão de Estoque
        • Implantação de Loja
        • Informática/Internet/Extranet/Intranet
        • Marketing
        • Negociação
        • Planejamento
        • Ponto Comercial
        • RH
        • Seleção / Treinamento / Motivação da Equipe de Vendas
  • Depoimentos de Franqueados
    • “Ele chegou ao Brasil com meses de vida. Desembarcou em terras cariocas e cresceu em uma família simples e trabalhadora. Adolescente, ajudou seu pai na administração do restaurante da família, onde aprendeu os pormenores da operação de um negócio e deu o pontapé inicial em sua brilhante carreira. O franqueado Fernando Cardoso, hoje proprietário de quatro lojas Mundo Verde no bairro Moema, em São Paulo, teve uma brilhante carreira antes de chegar ao Mundo Verde. Em seu escritório na loja da avenida Cotovia, Fernando recebeu nossa reportagem e contou mais detalhes de sua incrível história! De Comerciante a Controller O jovem Fernando trabalhou no estabelecimento comercial de sua família até os 16 anos. Nessa época ele conciliava o trabalho com o curso técnico de Contabilidade. Até que surgiu a oportunidade de trabalhar no banco Mercantil, no Rio de Janeiro. Em pouco tempo foi promovido, chegou ao cargo de sub contador da agência central do banco e já fazia a faculdade de Administração de Empresas na UERJ. Após a conclusão do curso, Fernando foi trabalhar na Arthur Andersen, uma das maiores empresas e auditoria do mundo. Atuou nesta empresa por 5 anos. Depois recebeu um convite da White Martins e assumiu como controller da empresa. Foi nesta época, já no início da década de 1980, que fazia a ponte aérea Rio de Janeiro – São Paulo. Após anos morando no Rio de Janeiro, se mudou para a capital paulista e assumiu a Controladoria da Unilever, em Valinhos (SP). Sua seção era “Sabão e Sabonete”, a maior área da empresa no Brasil. Viajou diversas vezes a Londres para estudar e também conhecer outras fábricas da companhia, o que lhe trouxe uma nova visão de administração empresarial. Na Unilever, Fernando teve uma experiência sensacional com o varejo, pois era o executivo responsável em precificar os produtos numa época em que a inflação chegava aos 80% ao mês – sim, ao mês! Na metade da década de 1990, o executivo Fernando Cardoso mudou de ramo novamente e aceitou um convite da Holcim Brasil (indústria de cimento), onde chegou com a missão de reduzir custos de toda a operação. Trabalhou na Holcim por 3 anos. O sucesso de seu trabalho na indústria o cacifou, mais uma vez, perante o mercado. Foi então que aceitou outro convite para assumir a diretoria de Planejamento e Controle da Oi Telecom (antiga Telerj). Voltou a viver no Rio de Janeiro. Sem imaginar, claro, sua vida começa a mudar novamente! Eis que surge o Mundo Verde O trabalho na empresa de telefonia era árduo. “A Telerj acabara de ser privatizada e tudo era muito novo na Oi, muito difícil”, contou Fernando. “Às vezes eu saía do escritório para almoçar e, na volta ao trabalho, entrava numa loja do Mundo Verde para comprar alguns produtos, principalmente para minha alimentação durante o expediente”, continuou. Percebe-se, caro leitor, que o executivo Fernando Cardoso se preocupava com sua alimentação, mesmo tendo pouco tempo para pensar em comer entre uma reunião e outra. Fernando contou que trabalhava demais e o estresse era enorme, por conta das características da área de Telecom. Foi então que, em dezembro de 2002, resolveu pedir demissão e voltar para São Paulo. Expansão paulistana No início do século XXI, a rede Mundo Verde já estava no mercado há 15 anos, mas a maioria do público da maior capital do país ainda não conhecia. Foi então que a diretoria da franqueadora resolveu investir em São Paulo e buscar novos franqueados. O então desempregado Fernando Cardoso, que já havia acionado seu networking no início de 2003, costumava ler o jornal O Estado de São Paulo todas as manhãs. Certo vez, ao tomar seu café da manhã e ler as principais notícias do dia, Fernando se deparou com uma reportagem informando que a rede Mundo Verde estava se expandindo em São Paulo. Ao ler a matéria, um filme começou a passar pela mente de Fernando: “Eu me lembrei das vezes que entrei numa loja do Mundo Verde, como cliente, no Rio de Janeiro, e como eu me sentia bem naquele lugar”, lembrou. A partir desta lembrança, Fernando procurou a franqueadora e iniciou a negociação que o tornaria franqueado da rede. Mais um desafio profissional “Eu me livrei das amarras das empresas. O Mundo Verde me deu mais prazer para trabalhar”. Foi assim que o agora franqueado Fernando Cardoso iniciou sua história na maior rede de produtos naturais e de bem-estar do Brasil. Sua primeira unidade no bairro de Moema foi inaugurada em 2003. Nessa época, segundo o próprio Fernando, o público inicial da loja procurava produtos como sementes, plantas, produtos religiosos e de aromaterapia, ou seja, itens de terapias alternativas. Esses produtos representavam 40% das vendas. Além disso, a loja também vendia alimentos naturais e saudáveis, que era consumido por um outro público. “Então eu percebi que dividia o foco com dois produtos antagônicos. E o público paulistano que consumia alimentos saudáveis rejeitava os produtos de terapias alternativas”, contou. Foi nesse momento Fernando decidiu focar mais em produtos de alimentação saudável. Seu desafio então era contratar colaboradores que conhecessem os produtos. “Eu tinha uma cliente que era nutricionista. Ela sempre comprava na loja e conhecia detalhes de vários produtos. Então a convidei para trabalhar conosco e fazer palestras aos demais clientes”, explicou o estrategista Fernando. O negócio cresceu bastante na capital paulista que, com a ajuda e apoio dos demais franqueados de São Paulo e da Grande São Paulo, o Mundo Verde criou várias campanhas de marketing local para difundir, ainda mais, a marca na maior cidade brasileira. Foi então que nasceu a revista do Mundo Verde. Com o sucesso, a publicação passou a ser produzida pela franqueadora e distribuída para todo o Brasil. O experiente Fernando nunca teve medo da mudança. Criar novas situações e arriscar sempre fizeram parte de sua característica profissional. E como franqueado Mundo Verde isso não foi diferente. A partir da metade da primeira década dos anos 2000, Fernando começou a investir em produtos sem glúten, freezers e comidas prontas congeladas. Criou um ambiente apropriado na loja para estes produtos. Diminui as gôndolas de presentes e aumentou o faturamento com produtos naturais. Recebeu diversos clientes do interior do Estado de São Paulo, o que também motivou a expansão da rede para outros centros paulistas. Fez convênio com faculdades de Nutrição para receber estagiárias, sempre em conjunto com os demais franqueados de São Paulo. Muitos novos fornecedores procuravam a sua loja para lançar produtos, os quais também passavam a fazer parte do mix do Mundo Verde. Em 2009, o Mundo Verde já tinha 60 lojas na Grande São Paulo. Fernando, através do Conselho de Franqueados, ajudou a trazer mais investimentos para São Paulo. A Expansão territorial foi o grande filão. “O que a propaganda não podia fazer em horário nobre, foi feito com a Expansão”, contou o orgulhoso franqueado Fernando Cardoso. Atualmente Fernando possui quatro lojas do Mundo Verde em São Paulo e ainda tem muito gás para queimar. Seu sucesso, ao longo de mais de 40 anos de carreira profissional e há 14 anos na rede Mundo Verde, não foi por acaso: foi trabalho árduo. “

      Por Fernando Cardoso – expansao@mundoverde.com.br – Franqueado Mundo Verde


Sobre a Franquia
  • Ano de Fundação:

    01/06/1987

  • Unidades Próprias:

    0

  • Unidades Franqueadas:

    400

  • Total de unidades:

    400

  • Associada a ABF em:

    1992


O Portal TOP Franquias avaliou a Mundo Verde no dia como sendo uma:
TOP Franquia, para investir!   |   Avaliação: 5

Copyright © TOP Franquias - 2017 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade