quinta, 27 de julho de 2017

PUBLICIDADE Kiwikasair
Meu negócio é franqueável?

Meu negócio é franqueável?

28, jun 2016

Quando o assunto é se tornar Franquia, algumas pessoas tem a falsa ideia de que é só ter uma COF de Internet e um Contrato encomendado pelo seu primo advogado, mas não é nada parecido com isso, por isso, cuidado!

Recebemos em nossos escritórios pessoas de todo o país com o intuito de replicar seu negócio. Muitas vezes o negócio ainda nem existe, se trata apenas de uma ideia, já que também atuo como consultor de empresas independentes, e é preciso ter cuidado para entrar no mercado como Franqueadora. Quando o assunto é se tornar Franquia, algumas pessoas tem a falsa ideia de que é só ter uma COF de Internet e um Contrato encomendado pelo seu primo advogado, mas não é nada parecido com isso, por isso, cuidado!

O negócio deve ser suficientemente testado com uma ou mais unidades em operação para que seu futuro franqueado tenha segurança e que todos os manuais de sua franquia supram problemas rotineiros ou não que uma unidade possa enfrentar.

PUBLICIDADE

Existem alguns elementos importantes na análise de franqueabilidade:

Posicionamento de Marca

Um bom posicionamento de marca pode garantir com que as pessoas tenham a sensação de familiaridade com o negócio, característica de grandes marcas. O McDonald’s de Nova Iorque e da África do Sul tem o mesmo posicionamento, salvo algumas regionalidades.

Diferencial Competitivo

O mercado, poucas vezes, dá segunda chance. Por isso seu Mix de Produtos precisa vir aliado a uma análise ampla e profunda, garantindo estratégias certas para a fidelização de seu público alvo desde sua implantação.

Plano de Negócios

É necessária uma análise de markup, custo operacional e suas variáveis, incluindo cenários pessimistas e otimistas.

Concorrência

É importantíssimo avaliar o mercado e seu potencial diretamente ligados ao produto ou serviço que pretende oferecer. Analise friamente a concorrência, veja seus erros e acertos.

Fora da Caixinha

Saiba enxergar seu negócio do lado de fora da caixa. Quando estamos focados com a cabeça abaixada em um objetivo, poucas vezes enxergamos a barreira na frente. Por isso analise em amplitude.

Replicação da franquia

Se tiver muita facilidade em repicar o negócio não é bom. Se tiver uma dificuldade muito grande, muito menos. Lembre-se, as pessoas irão perguntar: “Será que eu consigo fazer sozinho?”, a resposta deve ser “Não tão bem feito!”.

Estrutura

Vamos expandir? Ok. Está pronto para investir? Esse investimento não é, necessariamente, apenas financeiro. Investe-se tempo, emprega-se determinação. Não pense que grandes empresas nasceram com prédios, normalmente elas nasceram de um ou dois funcionários: os donos. Portanto, mãos à obra.

Contrate profissionais de franchising capacitados

O mercado de franquias gera muitos negócios e existem muitos profissionais capacitados por aí. Portanto, tenha em mente que todo apoio é bem-vindo. Sua empresa precisa ser, realmente, uma “loja modelo”, por isso não tenha medo de dar o passo ao lado de alguém. É muito importante que você tenha como parceira, empresa capacitada para a criação de todo diferencial competitivo que sua empresa precisa ter, planos de negócios, estrutura, consultoria, Marketing, expansão, entre outros. Resumindo, é importante alguém que te ajude a enxergar “fora da caixinha”.

Lembre-se, para vender franquias, a ideia é muito importante, mas não vem sozinha. Trabalho, determinação, disciplina e muita seriedade em cada etapa fazem parte da receita do sucesso no ramo.



PUBLICIDADE


Meu negócio é franqueável?
Avaliação

Copyright © TOP Franquias - 2017 - Todos os direitos reservados.
Algumas imagens podem ser marcas registradas dos seus respectivos proprietários.
Termos de uso e responsabilidade